Ducati bate recorde de vendas mundial em 2022

Ducati bate recorde de vendas mundial em 2022

2022 foi um ano excepcional para a Ducati, que terminou com um recorde de 61.562 motos entregues aos fãs da marca de Bolonha em todo o mundo, um resultado que complementa as conquistas dos fabricantes no mundo da competição. As vendas aumentaram 3,6% em comparação com 2021.

Claudio Domenicali, CEO Ducati, comentou que é um ano que, “é o corolário do caminho que nos viu investir firmemente no desenvolvimento de motos inovadoras e, de forma consistente, lutar para melhorar a qualidade do produto e a experiência de que desfrutam os apaixonados pelasnossas motos.”

“Além disto, a marca Ducati nunca foi tão adorada e desejada, graças às nossas extraordinárias conquistas desportivas” (…). “Alcançar um resultado de vendas acima do já excelente de 2021, num ano tão difícil para todo o sistema automotivo, que foi afetado por sérias descontinuidades de fornecimento, particularmente no mundo dos semicondutores, é realmente uma importante medida da flexibilidade com a qual toda a Ducati reagiu, juntamente com os nossos fornecedores e concessionários. Esta flexibilidade permitiu-nos conter o impacto do atraso das entregas aos nossos fãs – aos quais aproveito esta oportunidade para agradecer pela sua paciência e dedicação – e atingir assim este resultado de vendas. A equipa de mulheres e homens presentes na Ducati hoje é, na minha opinião, a melhor de sempre, e reflete o trabalho feito nos últimos anos no crescimento e incremento de talentos. Assim, um grande agradecimento vai para todos eles, pois sem o seu empenho os sucessos alcançados pela companhia não seriam possíveis. Obrigado também aos representantes do sindicato que foram sempre um interlocutor disposto a encontrar as melhores soluções para os problemas deste ano tumultuoso.”

Os diferentes mercados, logística e entregas

Em 2022, a Itália confirmou-se como o principal mercado da Ducati com 9.578 motos e um crescimento de 10 por cento face a 2021. Os Estados Unidos encontram-se em segundo lugar com 8.441 unidades entregues, um decréscimo de -6% face a 2021, dada a dificuldades logísticas e atrasos no transporte intercontinental. Outro país estratégico para a Ducati é a Alemanha, que cresceu 9% em relação a 2021 e se posiciona como o terceiro maior mercado com 6.678 motos entregues.

Francesco Milicia, Ducati VP Global Sales and After Sales, ressaltou: “Este recorde de entregas é mais uma confirmação da solidez da Companhia e do constante crescimento da marca no mundo. Nos primeiros seis meses do ano, o cenário internacional foi caracterizado por fortes descontinuidades no mundo da logística e fornecimentos, que penalizaram a performance no meses mais importantes da época. Apesar disto, na segunda metade do ano conseguimos recuperar a atingir o mais elevado volume de vendas da história da companhia, grande à grande flexibilidade organizacional e constante diálogo com parceiros e sindicatos. Embora o cenário económico nos meses mais recentes tenha certamente piorado, continuamos confiantes no futuro”.

Multistrada, a preferida dos fãs da Ducati

A Ducati Multistrada V4, em todas as suas versões, voltou a revelar-se o modelo mais popular entre os entusiastas da Ducati, com 10.716 motos entregues em todo o mundo. A família Monster também foi um grande sucesso com 7.971 unidades vendidas, seguida pela família Scrambler Ducati 800 com 6.880 motos entregues. A estes resultados juntam-se os excecionais triunfos da Ducati no mundo da competição, com o fabricante bolonhês a triunfar no MotoGP e no Mundial de SBK.

2022 foi também um ano recorde para a rede comercial Ducati, que continuou a crescer e a aproximar-se e mais perto dos fãs das marcas ao redor do mundo. No final de 2022 eram 821 concessionários Ducati, o maior número de sempre, representando a Ducati em nada menos que 96 mercados com os novos mercados de Brunei, El Salvador e Mongólia.

8 novos modelos em 2023

Para 2023, a Ducati apresentou ao público oito novos modelos, completando uma gama cada vez maior, capaz de oferecer aos motociclistas a moto mais adequada para expressar a sua paixão pelas duas rodas. Entre os modelos mais esperados estão certamente a Multistrada V4 Rally, a moto para viajantes, e a nova Diavel V4, o modelo que ganhou o prêmio EICMA de ‘Moto Mais Bonita do Salão’. Mas também a segunda geração da Scrambler Ducati, que confirma a simplicidade e a autenticidade que sempre foram valores essenciais para todos os entusiastas da Scrambler Ducati, será ainda mais contemporânea, mais colorida e com uma personalidade ainda mais viva.

Erika Barros

Erika Barros

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Cafe Brawler: Bimota KB4 RC

Cafe Brawler: Bimota KB4 RC

Achas que outras motos parecem angulares? Você não viu nada até ver a nova Bimota KB4 RC. (Bimota/)Quando Bimota revelou o seu KB4 no EICMA 2021, os entusiastas ...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.